6 benefícios da laje nervurada

Quem trabalha em obra sabe que a laje é parte essencial de qualquer edificação. Ela dá suporte às paredes e gera a cobertura de tetos e pisos em construções com mais de um andar. Além disso, proporciona o vencimento de vãos, gerando ambientes mais espaçosos e favorecendo o isolamento térmico e acústico do local.

No entanto, existem várias maneiras de construir uma laje,  e tudo vai depender da qualidade, resistência e durabilidade da construção, além do orçamento disponível para cada etapa do projeto.

Por falar em recurso financeiro, um dos maiores custos nas construções de prédios e grandes estruturas é com o concreto e aço, que precisam ser de boa qualidade e bem aproveitados na construção. Afinal, eles estão presentes em praticamente todas as partes da obra e dão sustentação aos edifícios de forma segura e eficiente.

Um dos modelos que tem ganhado destaque no mercado das grandes obras é a laje nervurada. Essa solução é indicada para praticamente todo tipo de construção e surgiu como alternativa para substituir as lajes maciças, que, devido, aos vãos cada vez maiores, e ao alto custo das fôrmas, vem se tornando pouco atrativa para os gestores de obras.

 

O que é laje nervurada?

 

Laje nervurada é um sistema construtivo que apresenta nervuras, onde ficam concentradas as armações, entre as quais podem ser colocados materiais inertes com função de enchimento, o que simplifica o molde e deixa a superfície inferior lisa para receber o acabamento.

Esse modelo é utilizado em grandes vãos, onde é necessário trabalhar com espessuras maiores para atender as flechas e solicitações. Por ser construída dessa forma, a laje nervurada dispensa o uso de vigas e armações, já que as próprias extremidades das formas geométricas realizam a sustentação com segurança.

Mesmo que não haja vigas e armações, o uso de pilares de apoio em alguns pontos não pode ser dispensado, visto que a laje nervurada em prédios grandes também apresenta menor resistência à ação dos ventos e à punção.

Para que você não tenha dúvidas sobre o sistema, elaboramos 6 benefícios da laje nervurada para te ajudar na tomada de decisão da sua obra:

 

1 – Redução de aço e concreto

 

A laje nervurada elimina o concreto que não tem função estrutural. Por ser mais leve que outros modelos, como as maciças, a técnica é indicada para projetos com grandes vãos, reduzindo o uso de concreto e aço em até 40%.

 

2 –  Versatilidade

 

Por gerar mais economia, devido ao menor uso de material,  pode ser utilizada em projetos comerciais, hospitalares, residenciais, escolas, até em áreas de lazer.

 

3 – Agilidade na obra

 

A laje nervurada utiliza o escoramento e o escoramento remanescente em um único equipamento, garantindo agilidade e segurança durante o processo de concretagem e desforma.

Outro ponto importante é que as fôrmas para esse sistema construtivo são autoportantes, não necessitando de compensado de madeira, sendo encaixadas diretamente sobre as réguas lineares de aço.

 

4 – Mais segura

 

Por ter um sistema de distribuição de peso reforçado,  os acidentes costumam ser menos frequentes nesse tipo de estrutura.

 

5 – Espaço livre

 

Nesse tipo de laje há a liberação de grandes vãos, disponibilizando mais espaço útil. Isso é uma grande vantagem para locais onde é necessário o trânsito de veículos e a circulação de pessoas e  objetos, já que o excesso de vigas dificulta bastante as manobras.

 

6 – Durabilidade

 

Esse sistema é bem resistente a corrosão.

Essas características fazem da laje nervurada uma tendência na arquitetura contemporânea. Ela valoriza a estrutura base da construção civil e utiliza elementos específicos como ponto chave na concepção de novos espaços. O que era voltado para ambientes simples, buscando redução de custos, hoje está presente em escritórios, comércios e até residências.

Agora que você está por dentro das vantagens da laje nervurada, não deixe de visitar nossa página e saber das novidades que envolvem a área da construção civil.