Perdendo tempo e dinheiro com o arame recozido

Uma das preocupações do gestor de obra é que tudo saia no tempo proposto e dentro do orçamento estipulado. Afinal, custo e prazo são primordiais em qualquer projeto.

Um fator de extrema relevância na construção civil é a qualidade e inovação do material que será utilizado na obra. Alterar a forma de fazer a mesma coisa é levar praticidade em sua execução e economia ao planejamento como um todo.

O arame recozido, por exemplo, sempre foi muito aplicado na construção civil por ser um produto resistente e maleável, características importantes para fixar as armaduras das ferragens do concreto armado.

No entanto, graças à inovação no canteiro de obras, esse material pode estar com os seus dias contados.

Para que serve o arame recozido?

O arame recozido é amplamente utilizado em obras de diversos portes para amarrar vergalhões em vigas e pilares, para composição da armadura, mantendo as estruturas internas bem alinhadas.

Contudo, a execução desse procedimento é muito trabalhosa. Para e pensa: você precisa pegar o arame, torcer, fazer as amarrações necessárias, ajustar e cortar. Quem faz essa atividade desde sempre pode não ter percebido ainda como ela já ficou ultrapassada, custosa e, até mesmo, perigosa.

O que se percebe é que armadores e pedreiros demoram muito tempo para realizar todo o processo de fixar estribos. Além disso, existe a questão dos possíveis danos à segurança do trabalhador: feito de aço, o arame recozido é operacionalizado com as mãos, podendo causar cortes e perfurações.

Que tal substituí-lo por uma solução inovadora? Temos certeza que sua obra irá avançar no cronograma.

Economize tempo com Molfix

Molfix é um sistema inovador da Moldimplas que substitui o arame recozido para fixar estribos, trazendo mais economia à obra. Ele é composto por peças plásticas, resistentes e de vários tamanhos, cuja função é travar a barra de ferro ao estribo, utilizando um alicate próprio.

Essa ferramenta possui duas funções importantes no canteiro de obra. A primeira é como grampo, substituindo a técnica artesanal de amarração com arame recozido. O Molfix é bem resistente e não deixa a armadura se deslocar durante o processo de concretagem.

A segunda aplicabilidade da peça plástica é atuar como espaçador para garantir a correta cobertura das vigas e barras ferro, aumentando a vida útil da estrutura.

O bacana desse sistema é que a colocação do Molfix é bem simples e não requer esforço para amarrar as ferragens.

O sistema é inovador e pode ser amplamente utilizado em estruturas de até 6 metros lineares. Acima desse valor é aconselhável o uso alternado com arame recozido.

Já deu para notar que o Molfix é prático na aplicação, mas ele pode proporcionar outras vantagens no canteiro de obra. Veja algumas:

  •      Fácil manuseio;
  •      Elimina possibilidade de rachaduras e infiltrações  na estrutura;
  •    Economia de tempo, já que o produto é capaz de agilizar 70% da execução, se comparado ao método convencional;
  •      Limpeza no canteiro de obra;
  •      Mais segurança ao profissional que manipula as peças plásticas.

Sua obra nunca mais será a mesma depois de utilizar o Molfix em substituição ao arame recozido. Ganhe tempo e economize dinheiro com um produto resistente, de qualidade e que vai trazer muito mais rapidez.

Dúvidas sobre o Molfix? Entre em contato com a Moldimplas!