Por que não utilizar espaçador de laje nervurada

A execução de projeto de laje nervurada traz grandes benefícios para a obra, principalmente na montagem e desmontagem de toda a estrutura. O processo costuma ser simples e garante operação rápida e eficiente. No entanto, se você não preza pela qualidade da obra, não deve mesmo utilizar materiais inovadores, como o espaçador de laje nervurada.

Muitas ferramentas são essenciais para o desempenho desse sistema construtivo.  Por mais simples e econômico que o processo seja, deixar de usar o espaçador não faz o menor sentido.

Pare e pense: o que é mais importante em uma obra? Muitos vão dizer que é a redução de custo, outros a execução do projeto conforme cronograma. No entanto, o bom gerenciamento não deve desconsiderar a qualidade do serviço a ser executado.

É comum vermos pela cidade edificações com problemas sérios de estrutura ou, até mesmo,  em termos estéticos, por conta da não utilização de ferramentas adequadas.

É o caso, por exemplo, do assentamento de azulejos e cerâmicas que são feitos sem a aplicação do nivelador de piso. Quando isso acontece, a superfície fica feia, desalinhada e totalmente fora do padrão.

Erros de construção durante a concretagem podem ocorrer devido à falta de observação dos procedimentos especificados ou por descuido do gerenciamento da obra. Muitos desses erros podem até não levar à insuficiência ou deterioração do concreto, mas podem impactar a estrutura com o tempo.

Por isso a necessidade de usar ferramentas que dão agilidade e consistência ao trabalho. Afinal, o cliente da construtora não espera receber as chaves de um imóvel que dará problemas em um futuro próximo.

 

Para que serve o espaçador de laje nervurada?

 

Ao bater laje nervurada, várias ferramentas e materiais são utilizados na sua construção: betoneira, triturador, régua vibratória, fôrmas e, não menos importante, o espaçador.

Essa ferramenta é uma peça plástica cuja finalidade é posicionar os blocos de EPS (isopor), tijolo e concreto celular, impedindo que eles se desloquem sobre a estrutura, calibrando a largura da nervura.

Uma das características da laje nervurada é a utilização de blocos  sobre as treliças. No entanto, a dificuldade é manter esse material fixo e na posição correta durante a concretagem, visto que o seu deslocamento pode trazer consequências para a obra.

O papel do espaçador é justamente prender os blocos na ferragem da laje, evitando que a movimentação cause rachaduras e separação no interior do concreto.

Isso quer dizer que a não utilização do espaçador de laje nervurada faz com que o EPS se feche durante a concretagem dos pilares. A consequência disso é a perda do efeito de dilatação, o que pode causar um colapso na obra.

Portanto, para realizar uma obra segura, é preciso estar atento a todos os procedimentos do cronograma, sem se esquecer da qualidade das ferramentas que darão suporte em todo processo.

Assim, se você quer entregar laje nervurada de qualidade para o seu cliente final, não pode se esquecer de usar o espaçador.

Quer saber mais sobre produtos inovadores para obras? Entre no site da Moldimplas.